Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Este blogue nunca dará livro.

por Fernando Lopes, 19 Ago 13

Sejamos sinceros. Noventa e nove por cento dos blogues, nos quais este Purgatório se inclui, são mal escritos e desinteressantes. Porque é que tendo esta consciência, insisto em escrever? Porque me dá prazer, diverte, obriga a reflectir, a captar flashes do dia-a-dia. Está esta coisa cheia de erros de sintaxe, não escaparia um ou outro erro de ortografia não fosse a maravilha dos correctores. Foi a forma mais simples que encontrei de exprimir ideias, sentimentos e angústias. Tivesse o talento necessário e dedicar-me-ia à pintura, arte mais recatada, só exibida perante vontade expressa do autor, ou em alguns casos à sua revelia, mas postumamente.

 

O que mexe comigo é que entre os milhares de blogues que por aí existem, há sempre a secreta esperança que a coisa “dê livro”. Incapazes de autocrítica, acham-se os seus autores merecedores de eternidade no papel. Estão dispostos a fazer a romaria das apresentações, um moda estranha, em que o autor é obrigado a ir de terra em terra, livraria em livraria, dar boas palavras e pensamentos profundos, provar que é um de nós, retirando o mistério à arte da escrita, transformando-a em proeza circense, em que ser simpático, intenso e acessível, faz parte do pacote.

 

Este blogue nunca dará livro, e ainda bem. Porque o não merece, porque é apenas um homem a escrever para si, porque nunca mais dormiria de consciência tranquila sabendo que se abateu uma única árvore para colocar em impresso tão fraca prosa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds