Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Eu tenho duas compinchas.

por Fernando Lopes, 1 Ago 13

No universo masculino, o compincha é quase sempre do mesmo sexo. Podemos encará-lo como companheiro de farra, confidente, mas sempre, sempre, pelo lado lúdico. Vai connosco beber copos, uns atrás dos outros, atura-nos confidências com piada certeira, minimiza a nossa dor ou ansiedade colocando-as em perspectiva. Tenho o prazer de ter compinchas no feminino, a Dalila e Xana. Com elas posso discutir as últimas aquisições do F.C. Porto, literatura, cinema, ir a um concerto abanar a carola ou simplesmente deitar conversa fora. Ah, mas as tuas compinchas são botas da tropa. Errado, são muita giras, assim de 80% para cima. Ah, mas são burras. Se um mestrado e doutoramento são sinais de burrice, também quero. Homenageio pois com esta posta essas duas mulheres tão especiais, companheiras de farra e angústia, sofredoras do Porto, que conseguem todo o milagre acima descrito sem perder pingo de feminilidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    E dizemos isto como se tentar ser boa pessoa fosse...

  • pimentaeouro

    Assino por baixo.

  • Fernando Lopes

    É a nossa obrigação, Inês. Impensável ter um anima...

  • Inês

    E o contente que eu fico por saber que há mais um ...

subscrever feeds