Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Foto: BLITZ (Hugo Sousa)

 

Quando soubemos que os Jáfumega iriam actuar nos Coliseus, o caçula veio logo com ideias. A verdade é que gosto(ava) bastante da banda e white reggae em geral. Um dos factores que nos fez recuar foi o preço dos bilhetes: 35 euros é francamente caro para os tempos que correm. Um colega que presenciou o evento referiu-me um concerto morno, com a casa longe de estar cheia. Como sou bonzinho vou explicar tintim por tintim as razões do insucesso:

 

- É preciso ter a noção do valor. O saudosismo não é per si algo que nos faça perder o amor à carteira. As melhores bandas do mundo, vindas do caralho mais velho, cobram o mesmo;

 

- Lugares sentados na plateia. Foda-se pá, sei que os fãs da banda já estão um bocado cotas, mas pôr cadeiras num concerto pop é como dizer a um geronte que está em belíssima forma e oferecer-lhe um andarilho;

 

- A puta da mania que os meninos têm de brincar aos arranjos novos. Se se querem masturbar é convosco, mas não o façam em público. Aquilo é uma romaria de saudade, a malta vai lá para recordar como soavam as músicas quando éramos jovens, não para assistir a novos arranjos xpto.

 

P.S.- Este post vai ser publicado quando o concerto de Lisboa estiver a terminar. Para não desiludir ninguém e porque não quero ser considerado má-lingua. Outra visão aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    E dizemos isto como se tentar ser boa pessoa fosse...

  • pimentaeouro

    Assino por baixo.

  • Fernando Lopes

    É a nossa obrigação, Inês. Impensável ter um anima...

  • Inês

    E o contente que eu fico por saber que há mais um ...

subscrever feeds