Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um domingo perfeito.

por Fernando Lopes, 27 Mai 13

Pelas 11h resolvi convocar a maralha para um passeio pelo Parque da Cidade. Como não tínhamos levado pão para dar aos patos na passada semana, perdemos uma boa meia-hora a cortar pão de forma seco em pequenos pedaços. Alimento para a bicharada preparado, passo número dois, convencer a mãe a acompanhar-nos.

 

Avenida da Boavista abaixo, à porta da “Cufra”, lembro-me do “picadinho”, um enorme hamburger feito à mão que leva quase uma vaca inteira. A última vez que lá estive, acompanhava-me um colega moçambicano, paradoxalmente de nome Albino, que tinha ficado a olhar para o tamanho da coisa com ar incrédulo.

 

- Vocês comem isto tudo?

- Manel, com calma e vais ver que também consegues. Conseguiu.

 

Passeámos pelo parque, demos pão aos patos, fiz um brilharete com a Matilde ao alimentar gansos à mão. Tenho a impressão que errei na profissão, seria um tratador de animais fora de série.

 

Na subida, paragem para o “picadinho”. Com grande dor minha, a chefa da casa não consegue comer 300 ou 400 gramas de carne de vaca. Solícito como é meu timbre, ofereci-me para ajudar. Passar pelas brasas no sofá e ver o Vitória, meu segundo clube por causa de uma enorme teia de amizades vimaranenses, ganhar a Taça. Um domingo perfeito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Eh pá, nos contras diria que não é um cão. Nos pró...

  • Genny

    Tão gira!Mas confessa...já estás rendido à gata, n...

  • Fernando Lopes

    Croissant, meu caro, mas como o povo não sabia fra...

  • Carlos A. de Carvalho

    Que raio são coraças ? Como vou estar por aí a sem...

subscrever feeds