Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ida à Caixa.

por Fernando Lopes, 11 Abr 13

Recebi um postalzinho para visitar o meu médico de família. Eu, que até pago um balúrdio para ter um seguro onde posso frequentar aqueles consultórios pipis, com LCD, café à borla, enfermeiras boazonas em batas apertas e o caraças, confesso que gosto de ir à consulta da Caixa.

 

Mesmo que não nos tratem por Sr. Dr., mesmo que as assistentes seja feias como bodes, mesmo que metade dos fregueses tenha a puta da mania que é fino e a outra metade cheire a chulé de 15 dias, a coisa funciona. O meu médico nunca atrasa uma consulta mais de 5 minutos. Embora não seja simpático é eficaz, directo ao assunto. Dá-me todas as receitas que necessito e ainda me dá uma descasca por não ter feito as análises que deveria. Se não está legitimamente interessado na minha saúde, dêem um Óscar ao gajo.

 

É óbvio que as instalações são do tempo dos afonsinhos, existe uma maquineta para tirar senhas como nas filas da carne, mas estes pormenores são compensados com uma ida ao café em que o pai diz à bebé “Tás com fome? Levas já é com o pão nos cornos!”, um puto gordo devora mais depressa um Bollycao do que eu esfrego um olho e a velha cigana, apoiada em duas muletas, conta que caiu a sair do poliban, o marido não a conseguiu levantar e gritou pela filha. Não é que o entusiasmo foi tanto que, apoiada nas muletas, se levanta e grita mesmo?

 

Não há consultório que seja tão fixe como a Caixa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Eh pá, nos contras diria que não é um cão. Nos pró...

  • Genny

    Tão gira!Mas confessa...já estás rendido à gata, n...

  • Fernando Lopes

    Croissant, meu caro, mas como o povo não sabia fra...

  • Carlos A. de Carvalho

    Que raio são coraças ? Como vou estar por aí a sem...

subscrever feeds