Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fuma um cigarro, bebe um copo comigo.

por Fernando Lopes, 6 Jan 13

Não quero ser um belo cadáver. Um dos comentários mais assustadores que já ouvi em funerais foi: "Parece que está vivo!". Perdoem a este chato escriba mas a última coisa que me preocupa é a aparência depois de morto. Devo ter o fígado em medíocre estado e uns pulmões absolutamente nojentos, pretos como o óleo que o Sr. Modesto tira dos carros quando faz as revisões. Nunca estive na dependência de bebidas alcoólicas, embora em algumas fases da vida estivesse perto de ser o que os ingleses apelidam de "heavy drinker". Porque é que se fuma até ficar enjoado, porquê beber até atingir o esquecimento? Não faço ideia, mas gosto de o fazer. Há nestes vícios algo de dionisíaco e autodestrutivo que me impele. Esquece-se o mundo, os problemas, os falhanços, o cansaço, a puta da vida. É certamente uma forma de alienação, mas sempre fui alienado, sempre tive a sensação que fui colocado neste mundo por engano. Não pedi para nascer, mas já que me deram este fardo, tenciono aproveitar ao máximo o que me pode proporcionar: amor e prazer. Alguns sentirão deleite em correr no ar frio da manhã, eu sou mais do género de estar prazenteiro numa cave bafienta, com música, cerveja à frente, cigarro entre dedos. Perdoem este meu modo de ser e façam-me um favor: fumem um cigarro e bebam um copo comigo, ajudem-me a atravessar esta Via Sacra que é a vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Eh pá, nos contras diria que não é um cão. Nos pró...

  • Genny

    Tão gira!Mas confessa...já estás rendido à gata, n...

  • Fernando Lopes

    Croissant, meu caro, mas como o povo não sabia fra...

  • Carlos A. de Carvalho

    Que raio são coraças ? Como vou estar por aí a sem...

subscrever feeds