Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A minha nova sobrinha

por Fernando Lopes, 17 Dez 12

 

é um buldogue francês do sexo feminino. Porque aos casais deste País está proibida a reprodução: os mais novos não têm um emprego estável, os mais velhos porque o ritmo profissional, cada vez mais alucinante, não permite tempo para dedicar aos descendentes. Transversalmente é uma sociedade precarizada. A juventude só tem como opção emigrar, ficar desempregada ou ter trabalho mal remunerado. Os ainda empregados nunca estiveram sobre tanta pressão laboral. Os velhos pura e simplesmente não contam, não são ouvidos, não reivindicam, daí que sejam espoliados de pensões e considerados “despesa”.

 

Valham-nos os animais de companhia, os únicos que nos dão tudo sem pedir algo em troca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds