Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

2012 Redux.

por Fernando Lopes, 31 Dez 12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Um brinde!

por Fernando Lopes, 31 Dez 12

Um brinde às crianças porque ainda vivem numa bolha de ilusão.

 

Um brinde aos jovens porque têm o poder de fazer seu o futuro.

 

Um brinde aos velhos que insistem em se deitar antes da meia-noite apenas para serem acordados pelo fogo de artifício.

 

Um brinde aos burgueses gordos e untuosos que se saracoteiam de smoking em filas idiotas nas festas dos casinos.

 

Um brinde aos que estão sós mas ainda não desistiram de encontrar o amor.

 

Um brinde aos sem abrigo que terão rancho melhorado fornecido por dóceis amantes da caridade.

 

Um brinde às putas que distribuirão ilusões de amor a troco de meia dúzia de euros.

 

Um brinde aos bêbados, que já caídos, uma vez mais não recordarão a chegada do ano novo.

 

Um brinde aos poetas que escondem angústias sob capa de pretensa normalidade.

 

Um brinde à humanidade, ao melhor e pior de nós. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como um lenhador.

por Fernando Lopes, 29 Dez 12

Os amigos que me conhecem há muitos anos adivinharão como estou vestido. As minhas Levi's 501, botas de montanha, camisa xadrez e um qualquer pullover. Tirando o fato e gravata que sou obrigado a usar à semana, raramente mudo de indumentária. Substituo as botas por um sapatos de vela no verão, e mesmo assim só em ocasiões especiais. A história das Levi's tem cerca de 40 anos. Desde os 9 que não uso outro modelo ou marca de calças de ganga. Chato, hu! A minha mãe também achava quando as velhas Levi's custavam quatro vezes mais que quaisquer outras. Habituei-me e sou incapaz de sequer tentar mudar. Sem elas não sou eu, fazem parte da minha identidade. As botas de montanha vieram há mais de uma dezena de anos atrás. Sempre gostei de botas e usei durante anos as alentejanas da Classe e posteriormente texanas. No Algarve era fácil reconhecer os tipos do norte, eram os únicos que iam de texanas para a praia. Substituí-as quando me apaixonei pelos modelos da Timberland. Cheguei a mandar vir botas do estrangeiro, pagando uma enormidade de portes. As camisas de xadrez são um clássico e podem ser de qualquer marca ou padrão. Sou de paixões firmes e duradouras, tanto no amor como no vestuário. Como bem diz a minha mulher: "gastas uma pipa de massa para te vestires como um lenhador". Eu acrescentaria sem criatividade, mas é assim que me sinto confortável, é assim que sou eu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

istonaoestafacil.com

por Fernando Lopes, 28 Dez 12

Estas últimas semanas têm sido difíceis. Vi serem despedidos amigos que trabalhavam comigo há 13 anos. Tive a noção de quão frágil é a vida através de uma série de falecimentos. Fui colocado num novo serviço, e só agora, passados 15 dias, começo a apanhar o fio à meada. Têm sido lúgubres e sem graça os meus últimos posts. Em 2013 vou tentar ser mais positivo e viver um dia de cada vez, sem pensar muito no amanhã, o único modo de conservar a sanidade mental.

 

Bom Ano!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Indigência Nacional.

por Fernando Lopes, 27 Dez 12

Hoje fui para o trabalho a pé. Tenho a felicidade de habitar perto do trabalho e quando posso - nas férias escolares - desloco-me a pé. Na zona da Boavista há dezenas de casas à venda. Sem ser chique é um local relativamente caro da cidade devido à centralidade. Tudo se vende, desde pequenos apartamentos a moradias com 750m2 de área. Nas traseiras da central de autocarros do Bom Sucesso escondem-se inúmeros sem-abrigo. Neste pequeno percurso encontrei a indigência do pobres e a falta de solvabilidade dos ricos. Quase sem sair do quarteirão.  

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

ABS.

por Fernando Lopes, 26 Dez 12

Artur Baptista da Silva, ou lá quem é, consegui colocar Pires de Lima, Henrique Neto e um yuppie luso-britânico a concordar com a renegociação da dívida. A direita tem agora sonhos húmidos porque o homem assumiu falsas habilitações e forjou um "comité" da ONU. Se tivessem tido tanto entusiasmo com o caso Relvas, compreenderia. Vale mais um ABS a funcionar que o choque frontal com um Relvas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

O futuro escreve-se no feminino.

por Fernando Lopes, 25 Dez 12

Passados pouco mais de 2 anos, o purgatório encontra-se exactamente onde o imaginei. Um blogue pequenino mas participado, em que os leitores se sentem à vontade para criticar, partilhar, contra argumentar. Não julgam nem são julgados, dão de coração aberto a sua opinião. É isso que define este espaço onde em mais de 3.500 comentários, apenas tive de apagar um e porque insultava a minha mãe, uma senhora muito séria. Nesta troca de mimos entre mim e os leitores noto que a maioria dos que comentam são mulheres. Portugal sempre foi uma sociedade matriarcal e por muito que o macho latino urre e bata no peito, quem organiza o tecido social são as senhoras. Já era assim no tempo em que o meu bisavô, barbeiro de profissão, emigrou para o Brasil deixando à bisavó a tarefa de tomar conta das terras e dos filhos. Quase duzentos anos depois, esta idiossincrasia bem portuguesa permanece. Um vez defini carinhosamente as leitoras como "as minhas Marias da Fonte". São elas, numa bipolaridade de que só as mulheres são capazes, a frente de resistência ao poder enquanto organizam família e trabalho. São capazes da argumentação mais sofisticada e em simultâneo de um carinho quase maternal. Sem menosprezo para os amigos que por aqui passam, este blogue seria muito mais pobre sem a participação das mulheres. Estou pois cada vez mais seguro que o futuro se escreve no feminino.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Apesar de ateu, adoro o Natal!

por Fernando Lopes, 24 Dez 12

Não celebro o nascimento do salvador, porque ninguém nos pode salvar senão nós mesmo. Não acredito na caridade, mas na partilha. Não quero o céu como recompensa, quero tentar ser intrinsecamente bom. Não espero que ente misterioso me perdoe, aprendi a carregar as minhas culpas.

 

E, no entanto, adoro o Natal. Porque é festa, reunião, alegria. Porque nos transforma, por um dia ou dois, em seres mais humanos, mais cúmplices, mais solidários. Hoje, estarei à volta da mesa, com a pequena família que me resta. Os que partiram estão bem vivos na minha memória e lá permanecerão enquanto a razão não me abandonar. Os mais novos vibrarão com os presentes, os mais velhos farão sua essa alegria. É assim o meu Natal. A todos os meus desejos de uma noite mágica.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Limpa as lágrimas.

por Fernando Lopes, 23 Dez 12

Limpa as lágrimas. Endireita as costas. Veste a tua melhor roupa. Põe um sorriso. Sê afável, digno, verdadeiro. Cumprimenta o vizinho. Brinca com as crianças. Faz uma festa ao cão. Caminha com redobrado entusiasmo. Perdoa o ladrão. Ajuda a idosa. Ouve os pássaros. Como o lagarto, pára e aprecia o sol. Podem roubar-te tudo menos a tua humanidade. Limpa as lágrimas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Fifty Shades of Santa.

por Fernando Lopes, 22 Dez 12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Genny

    O Natal está aí à porta. Começa a introduzir esse ...

  • Fernando Lopes

    João, a bicha é surda, foi um pequeno milagre o fa...

  • pimentaeouro

    Parabéns Branca és uma sortuda. Põe o teu dono a f...

  • Fernando Lopes

    Eh pá, nos contras diria que não é um cão. Nos pró...

subscrever feeds