Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um país, dois sistemas

por Fernando Lopes, 18 Ago 12

Tenho em relação às touradas um sentimento  ambíguo, de admiração e repulsa. No entanto, não existe no norte de Portugal tradição tauromáquica. Se existe vacaria típica por aqui, serão quando muito, a raça barrosã, as minhas queridas vacas alpinistas do Gerês. É por isso incompreensível que, se as boas gentes de Viana decidiram através dos seus eleitos, declarar a cidade "antitouradas", sejam agora confrontados com uma decisão judicial que lhes nega essa possibilidade. Se foi permitida a excepção à proibição de touros de morte em Barrancos, porque não podem os vianenses, também eles, ter o seu regime municipal em sentido contrário? Ou o argumento do peso da tradição funciona em sentido unívoco?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Filipe, estou em dívida contigo. A vida não tem es...

  • Anónimo

    Já estava na iminência de pedir à PJ a emissão de ...

  • Fernando Lopes

    Gábi, não sou insensível ao drama da deslocação do...

  • redonda

    eu não vou chamar, nada primeiro porque estou muit...

subscrever feeds