Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Havemos de ir ao Pingo Doce

por Fernando Lopes, 16 Mai 12

viver a luxúria da carne. Apalpar a febra, roçar o focinho e apreciar uma boa coxa. Morder-te-ei a orelheira e tu agarrar-me-ás nos enchidos. Usarás a tua língua de vaca, para me causar arrepios nas tripas. Passar-te-ei a mão pelo lombo enquanto seleccionas a mais firme rabada. Sentir-te-ei as costeletas enquanto te revelo secretos. Agarrarei maminha, firme e fresca, fresca e dura. Sairemos pé ante pé, a fugir da coentrada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Tenho é que me manter nova:)~CC~

  • Fernando Lopes

    Isto era eu... :)

  • Anónimo

    Venha e será recebida de braços abertos. Vamos com...

  • Anónimo

    Plantei uma árvore, tive uma filha e escrevi um li...

subscrever feeds