Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

procrastinei

por Fernando Lopes, 10 Fev 12

Na vida profissional tudo se passou com se um desígnio superior conduzisse o meu caminho. Nunca respondi a um anúncio de emprego. Saltei de um para outro por convite. Esta corrente tem-me levado a bom porto. Não me furto ao trabalho e aceito com humildade e de manga arregaçada os desafios que me são impostos. Ninguém de boa-fé me pode acusar de não dar sempre o meu melhor. Há no entanto dias em que nada parece correr em conformidade com as expectativas. Como hoje. Assim, como não estou numa linha de produção, em que cada elemento da cadeia é indispensável para a consecução da tarefa seguinte, procrastinei. O verbo procrastinar é delicioso, dá à arte do adiamento um ar digno, quase nobre. Dediquei-me a tarefas secundárias e menos exigentes e adiei o que não devia. Quem nunca tal fez que atire a primeira pedra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

estamos bem tramados

por Fernando Lopes, 10 Fev 12


Não me chocam conversas diplomáticas. Nem o servilismo de Gaspar. Nem mesmo o enfado do ministro alemão quando se reitera o cumprimento das "reformas". O que escandaliza é que a Europa enquanto união esteja refém da opinião pública alemã. Estamos bem tramados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Filipe, estou em dívida contigo. A vida não tem es...

  • Anónimo

    Já estava na iminência de pedir à PJ a emissão de ...

  • Fernando Lopes

    Gábi, não sou insensível ao drama da deslocação do...

  • redonda

    eu não vou chamar, nada primeiro porque estou muit...

subscrever feeds