Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Incapaz de combater o fenómeno da evasão fiscal, o governo quer colocar os cidadãos como inspectores tributários. A economia paralela aumenta à medida que aumentam os impostos. É dos livros e do senso comum. Todos nós já fomos confrontados com um arranjo de um electrodoméstico ou pequenas obras em casa que nos sairiam 21% mais caras se pedíssemos factura. E, quem não prevaricou, que atire a primeira pedra. A razão é simples. Não podemos deduzir no IRS estas despesas ou temos uma dedução insignificante. Assim, o governo, quer colocar-nos a fazer o papel que lhe compete. Recuso esse ónus. Já pago q.b. de impostos para ser funcionário do fisco nas horas vagas. O ridículo desta medida, obrigar-nos a conservar as facturas durante um ano. Nada irá acontecer. Confesso-me desde já pecador. Amanhã quando tomar o meu café não irei pedir factura. O cidadão pode sofrer uma coima até 2.000 euros. O comerciante uma multa máxima de 3.750 euros. Como se prova pelos números das coimas a medida não é para ser levada a sério. Sobretudo pelos comerciantes e prestadores de serviços.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Como terão notado os seguidores mais atentos deste blogue, retirei o widget dos Membros. Tal deve-se única e exclusivamente a uma incompatibilidade entre a aplicação e o meu template. Ora surgia, ora desaparecia como uma lâmpada prestes a fundir-se. Incapaz de resolver o problema, retirei-o. Os 17 que deram a cara publicamente mostrando que gostavam desta coisa parecida com um blogue, continuam a contar com o meu carinho e admiração por serem tão temerários. Para luzes a aparecer e desaparecer fugazmente, sem que nos apercebamos que existem, já bastam os nossos ordenados.

Disse uma vez aqui, que os pageviews eram para panisgas. Mantenho a opinião. Permitam-me no entanto uma exibição despudorada do tamanho da minha pilinha. O purgatório ultrapassou hoje a fasquia dos 5.000 hits/mês.  A internet não se mede ao quilo, nem a qualidade dos blogues por pageviews. Para quem me lê é certamente pouco importante, mas significa que, este mês, abandonei os regionais e passei à 3ª Divisão B. Mais uns anitos e terei tantos leitores mensalmente como os grandes blogues tem por dia. Eventualmente, ao fim de tanta tentativa, poderei até publicar um post que mereça ser lido. The sky is the limit!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds