Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Português, glutão, 48 anos de idade

por Fernando Lopes, 11 Set 11


O entusiasmo dos portugueses com a comida é imenso. Vivemos para comer, mais do que comemos para viver. Embora os meus conhecimentos de gastronomia não seja muito vastos, arriscar-me-ia a definir-nos como um povo de glutões sofisticados. Os amigos reúnem-se sempre à volta de uma mesa. Uma reunião sem comida é um encontro desenxabido ou de intelectuais.

Os hamburgueres e a fast-food que tanto preocupam o Bastonário da Ordem dos Médicos são um esboço calórico ao lado de um bom cozido à portuguesa ou umas tripas à moda do porto, acompanhados de uma garrafa de tinto. O nosso peixe mais tradicional e consumido é pescado a 4.000 km de distância, nos mares da Noruega. Esta demanda do Santo Graal da comida é tipicamente portuguesa. Se perguntarem a um compatriota emigrado do que mais sente saudades, a par da família virá certamente a comida.

Do Minho ao Algarve temos pratos únicos e deliciosos. Do arroz de sarrabulho minhoto à cataplana algarvia. Eu, se me saísse o euromilhões, em vez de montar Hard-Rock Cafés ou Starbucks conquistava a Europa pelo estômago. Um franchising chamado "Tasca do Zé da Esquina" em Amesterdam, Berlim ou Londres onde almas que comem sandwiches nos bancos de jardim à hora de almoço e jantam batatas cozidas com salchichas, poderiam encher a pança com o melhor peixe do mundo, enchidos e fumeiro, petinga com arroz de tomate e outras maravilhas por quantias módicas. Para arrasar com a teoria do bom do Dr. a sobremesa obrigatória seria um Pudim Abade de Priscos. E quanto a calorias estamos conversados, ok?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ya Vol, Mein Fuhrer!

por Fernando Lopes, 11 Set 11

 “as bandeiras dos pecadores da dívida poderiam ser colocadas a meia haste nos edifícios da União Europeia”
E uma estrela no casaco, não? Há coisas que nunca mudam...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Ferdinand,não se diz gases, diz-se metano :), mas ...

  • Anónimo

    Já passei pela situação de querer umas bolachas se...

  • Fernando Lopes

    O problema dos ruminantes são os gases, usei a vac...

  • Inês

    "mais ventosidades que uma vaca argentina"?! Já me...

subscrever feeds