Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Crónica de um tempo futuro ...

por Fernando Lopes, 20 Ago 11


Em Portugal aconteceu no mês de Julho a maior quebra de sempre no consumo. Austeridade gera recessão, recessão gera menos receita, o que implica aumento de impostos e consequentemente menos consumo e menos receita. A fórmula do FMI já tinha provado mal na Argentina e na Grécia. Cegamente, como se de uma cartilha se tratasse foi aplicada a Portugal. As primeiras consequências estão à vista. Mas isto é apenas o princípio.

Se os senhores do FMI e do governo andassem na rua veriam o que todos os Portugueses vêem. As lojas vazias (os saldos foram desastrosos, mesmo para as grandes marcas), o comércio moribundo a aguardar pela estocada final, lá para Janeiro. Ao sábado por razões pessoais costumo almoçar fora. Num restaurante modesto em que duas pessoas comem com facilidade por 15€. Estava vazio. As Telepizzas, anteriormente tão usadas ao fim-de-semana e durante os jogos de futebol já oferecem duas pelo preço de uma. Roupa só o essencial para renovar o stock.

Na Grécia 25% do comércio já fechou. Em Portugal, a partir de Janeiro o mesmo irá acontecer. Milhares de pequenos comerciantes estão a aguardar as vendas de Natal para pôr fim à sua actividade em Janeiro. Milhares de postos de trabalho perdidos, uma sociedade em que uns não consomem porque não podem, outros porque têm medo. E quando um povo tem medo do futuro a paralisia da economia é inevitável. Daqui a um ano estaremos numa situação idêntica à da Grécia a provar pela segunda vez que esta receita não resulta. E muito mais pobres e com muito mais medo. Toda uma ideologia a funcionar. Até um dia ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Em cuecas ficamos nós ...

por Fernando Lopes, 20 Ago 11


Ontem o palhaço actou em Porto Santo. O Bokassa da Madeira mantêm-se à margem da austeridade porque "atirar a toalha ao chão" não é com ele. Claro que não, basta agitar o independentismo e as mais de três décadas de vitórias para o PSD que logo PPC afogará o "problema Madeira" com dinheiro de todos os contribuintes, madeirenses ou não. Sacrifícios sim, mas só para alguns. Ficamos nós em cuecas que AJJ vai continuar a gastar à tripa forra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Já passei pela situação de querer umas bolachas se...

  • Fernando Lopes

    O problema dos ruminantes são os gases, usei a vac...

  • Inês

    "mais ventosidades que uma vaca argentina"?! Já me...

  • Fernando Lopes

    Esta não é totalmente surda, ouve muito mal mas re...

subscrever feeds