Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Deus ... me livre!

por Fernando Lopes, 2 Ago 11

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] t$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="http://3.bp.blogspot.com/-srAoqJForrc/TjfL2BIjZ8I/AAAAAAAAA-A/TrFOZJEI66g/s1600/Rodrigo+Moita+Deus.png" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" src="http://3.bp.blogspot.com/-srAoqJForrc/TjfL2BIjZ8I/AAAAAAAAA-A/TrFOZJEI66g/s1600/Rodrigo+Moita+Deus.png" t$="true" /></a></div>Rodrigo Moita de Deus é um personagem engraçado. Um ar pseudo nobre, um apelido a condizer e uma notoriedade que não sei de onde lhe advém. Caracteriza os monárquicos como bonacheirões e simpáticos, que não gostam de revoluções. Enredado no seu próprio onanismo não compreende que toda esta tolerância é recíproca. Basicamente ninguém os leva [monárquicos] a sério. Aliás a substituição do Príncipe de Boliqueime pelo Duque de Bragança teria a inegável vantagem de remover um cara de pau, videirinho e oportunista por um agricultor encartado com uma pronúncia engraçada. Um homem que desperta sentimentos ternurentos e uma complacência transversal à sociedade portuguesa. Com vê Rodrigo, há questões em que a esquerda também é tolerante e bonacheirona. A hipótese de uma monarquia nada mais provoca do que um sorriso compreensivo. Um assentimento igual ao que temos com os dislates de crianças e idosos. A receita ideológica de Deus em nada difere da da direita tradicional. Manter o <i>statu quo</i>, preservar o bloco central, estrategicamente mudando os actores para que tudo fique na mesma. O mistério desta entrevista é o conceito de <i>sex-appeal</i> de Deus. Se Deus é especialista em comunicação e acha que a direita é mais <a href="http://www.ionline.pt/conteudo/140800-os-politicos-direita-tem-mais-capacidade-transmitir-sexualidade"><span style="color: orange;"><b>sexy</b></span></a> reservo-me o direito de democraticamente discordar. Descontando as olheiras do Dr. Vítor Louçã Gaspar e a careca do Álvaro compensada por uma barbicha estrategicamente colocada vejo pouca gente sexy no governo. Deve ser pelo facto toda a sensualidade e sexualidade ser usada sistematicamente para f.... os mesmos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Anónimo

    Já passei pela situação de querer umas bolachas se...

  • Fernando Lopes

    O problema dos ruminantes são os gases, usei a vac...

  • Inês

    "mais ventosidades que uma vaca argentina"?! Já me...

  • Fernando Lopes

    Esta não é totalmente surda, ouve muito mal mas re...

subscrever feeds