Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"As Obras-Primas de T.S. Spivet" de Reif Larsen

por Fernando Lopes, 30 Jun 11


"nunca houve um mapa completamente correcto, e o casamento entre a verdade e a beleza nunca foi duradouro."

Ele há livros e livros. E quando um livro se transforma simultaneamente num mapa de memórias (reais ou ficcionadas)? Quando se torna um objecto tão belo como um quadro, com ilustrações, esquemas e anotações de um prodígio de 12 anos? Assim é "As Obras-Primas de T.S. Spivet" de Reif Larsen. Assisti à apresentação do livro e do autor na LeV de Matosinhos. O que me levou até lá tinha um nome. J. Rentes de Carvalho. A provar que os bons livros e as boas surpresas são como as cerejas, andam aos pares, eu e o meu compadre de leituras Ricardo Gonçalves, trouxemos como brinde uma apresentação interessantíssima de um jovem com uma saudável obsessão por cartografia. A obra é brilhante desde o modo como a trama se desenvolve, passando pela leveza (que não ligeireza) da escrita, até às anotações que povoam o livro. Para saber mais, visitem a estante acidental. Os meus agradecimentos ao Ricardo pela introdução a esta magnífica obra e autor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cabrões, a Idade Média já terminou!!

por Fernando Lopes, 29 Jun 11


Já era conhecida a notícia que nesse eixo de modernidade e tolerância que é a Arábia Saudita as mulheres eram proibidas de conduzir. Nunca nenhuma até agora tinha sido presa por isso. E se elas quiseram conduzir, é bater-lhes. Já avisaram estes cabrões que a Idade Média terminou?


"RIYADH: A campaign has been launched on Facebook calling for men to beat Saudi women who drive their cars in a planned protest on June 17 against the ban on women taking the wheel. The call comes as activists are demanding the release of Manal Al Sharif, a Saudi woman who was jailed for defying the ban."

Autoria e outros dados (tags, etc)


Como ateu, procuro ter um posicionamento equidistante das religiões. Nenhuma é conhecida pelo seu sentido de humor. Os muçulmanos são, no entanto,  particularmente sensíveis às brincadeiras com os seus símbolos religiosos ou culturais. Em 2005 o jornal dinamarquês Jyllands-Posten publicou um série de cartoons sobre Maomé que causaram imensa polémica no mundo árabe. Agora com Mickey o caso tem outras implicações. Naguib Sawiris, um empresário copta do Egipto, publicou no seu Twitter, um cartoon com Mickey e Minnie com vestes tradicionais islâmicas. Sawiris é proprietário do jornal "al-Ahram" e de uma companhia de telefones móveis. Logo surgiram os incentivos ao boicote às suas empresas. Depois temos as implicações políticas. O empresário é um dos fundadores do Partido dos Egípcios Livres e o cartoon já havia circulado como piada relativamente à possível tomada de poder pela Irmandade Muçulmana com a frase "este é o futuro do Egipto". Sinceramente a última coisa com que os muçulmanos se deviam preocupar era com a imagem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Porco Preto

por Fernando Lopes, 27 Jun 11


Estas férias estão a transformar-me numa espécie de porco preto. Gordo e muito escuro. O que me vale é que também tenho os meus secretos ...

Autoria e outros dados (tags, etc)


Marreta Medina, dá mais uma das suas entrevistas. Desta vez as vítimas são os leitores do i. Acha que direita e esquerda são conceitos sem sentido. Tal e qual a direita vem dizendo há pelos menos três décadas. Um dos problemas que preocupa Medina é o de  que "temos um Estado social que alimenta mais de 5 milhões de pessoas entre funcionários, desempregados, doentes e pensionistas." Eu cá tenho a solução para os problemas demográficos do velho Medina. Pensionistas salazarentos, é dar-lhe uma injecção atrás da orelha. Faz as contas Medina, e vais ver a massa que se poupava...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:


Já passaram mais de cem dias sobre o início da revolução síria. Finalmente foi permitido o acesso de jornalistas ao país de Bashar al-Assad. Em ambiente controlado, as imagens que chegam via Skynews, são as que o governo permite. Dão-se vivas não muito convictos a al-Assad e afirma-se que a agitação (afinal, ela existe) é obra de estrangeiros e extremistas árabes. Curioso como qualquer ditador árabe merdoso de Khadafi a Mubarak agita o fantasma do extremismo islâmico para convencer os ocidentais e os próprios árabes a aceitarem as suas ditaduras. Num universo paralelo, surgem os vídeos sobre a repressão colocados no youtube. Para encenação juntar 10.000 pessoas numa praça parece desproporcionado. Nem o governo sírio é capaz de tanto. Parece que é nos subúrbios de Damasco que está a semente da revolta. É uma dinastia  corrupta num estertor e espero que o golpe de misericórdia seja breve.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Columbo, herói imperfeito

por Fernando Lopes, 25 Jun 11


Em tempos idos os inspectores eram todos como Columbo. Não precisavam de um look de modelo, podiam andar com uma gabardine em pleno estio. Podiam ser vesgos, distraídos, humanos. Podiam fumar em público sem serem vítimas de um auto de fé sanitário. Esta humanidade desapareceu da maioria das séries de hoje.Passei muitas horas a ver Peter Falk e o seu Columbo. Fazem-nos falta heróis com imperfeições.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Para quê?

por Fernando Lopes, 24 Jun 11

Interrogo-me sobre a necessidade que temos de mais informação. Vivemos na sociedade da comunicação, mas não seríamos mais felizes sem ela? Para quê ler jornais, revistas, livros supostamente imperdíveis, assistir a debates, ler crónicas e blogues? Para quê se as certezas de hoje são as dúvidas de amanhã? Para quê esta ansiedade de querer saber sempre mais, de chegar ao íntimo das coisas e das suas causas? Para quê se mais e mais informação só me tornam mais céptico em relação a tudo e a todos, transformando-me num Diógenes de pacotilha?

Não estará na hora de regressar à trivialidade dos dias não pensados, das causas não defendidas, do é assim porque é assim? Não seria tudo tão mais simples? Questionar-me não me transforma num homem mais feliz, apenas mais ansioso e consciente da sua ignorância. O regresso ao básico, à vida vivida sem preocupações filosóficas ou políticas não será o caminho a seguir? Acho que vou passar a comprar "A bola". Por mais que tente, o conhecimento e as certezas cada vez mais se me escapam, ficando apenas a angústia e a impotência de ser um figurante obscuro nesta tragédia em que se vai transformando o nosso mundo, o nosso país, a nossa vida ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

anarco-cão

por Fernando Lopes, 23 Jun 11

 


Este cão é dos meus! Eu também detesto os porcos! Se algum dia precisares de abrigo e ração da boa, podes bater cá à porta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Audácia, mais audácia, sempre mais audácia"

por Fernando Lopes, 22 Jun 11


Durante a revolução francesa George Danton disse "Audácia, mais audácia, sempre mais audácia". Como sabem a meia-dúzia de amigos que acompanham o purgatório, tenho um certo desprezo por personagens consensuais, daqueles que agradam a todos da esquerda à direita. E escrevo sobre um homem dos que inventaram a esquerda, um jacobino, que se sentava à esquerda na Assembleia Nacional, ao tempo da revolução francesa. Desde "pioneiro revolucionário" e "grande patriota" a "corrupto e violento", foi visto como um gigante revolucionário ou como sanguinário e interessado unicamente no poder. Prefiro os homens assim, controversos até na sua morte. Foi guilhotinado e terá dito "a minha única tristeza é que vou antes de Robespierre". Voltou a Paris para combater o reino do terror implantado pelos jacobinos, a limpeza decidida por Robespierre e imposta pelo governo revolucionário de então. Porque é que me lembrei disto? Por causa de certas purgas, disse e não disse, e do que actualmente se passa no BE. Impossível não estabelecer um paralelismo histórico. Quem é quem nesta história cumpre-vos decidir ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/5

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Ferdinand,não se diz gases, diz-se metano :), mas ...

  • Anónimo

    Já passei pela situação de querer umas bolachas se...

  • Fernando Lopes

    O problema dos ruminantes são os gases, usei a vac...

  • Inês

    "mais ventosidades que uma vaca argentina"?! Já me...

subscrever feeds