Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Confissões do Piu Piu de Passos Coelho

por Fernando Lopes, 25 Mai 11


Depois do sucesso de"O cão de Sócrates", foi lançado um novo livro sobre o Piu Piu (salvo seja) de Passos Coelho. Por ser um estreante no poder, este Piu Piu parece ter menos a dizer que o cão do futuro ex-primeiro ministro. Até os livreiros, antecipando a vitória de Passos, escondem os exemplares em lugares esconsos. Para os interessados no respectivo Piu Piu, aqui fica a sinopse oficial:

"Se pensam que é só o país que está depenado, estão enganados. Nada disso! Também eu, o Piu Piu de Passos Coelho, o seu amuleto da sorte pessoal, perdi as penas por causa do estado de nervos em que me tem deixado o país e os últimos acontecimentos políticos. Ao fim de tantos anos ao lado do Pedro decidi, enfim, sair de casa no passado dia 16 de Abril. A gota de água foi a história de Fernando Nobre mais a sua ideia descabida de querer garantir, sem votação, o lugar de presidente da Assembleia da República.

Uma história delirante onde o Pedro se enterrou até às orelhas. Naquele momento percebi, de uma vez por todas, que por mais que eu desse orientações ao meu dono, o meu esforço pessoal de nada valeria porque ele só faz mesmo o que quer. Foram anos de uma participação discreta, mas activa, na formação de um homem em quem acreditava. E para quê? Para ele não parar de dar tiros nos pés, justamente no momento em que estava mais próximo do que nunca do seu objectivo de poder. O resultado desta falta de estratégia não podia dar grande coisa.

Basta olharmos para as oscilações nas sondagens para percebermos que o Pedro não está em bons lençóis. Depois de tudo aquilo porque passámos juntos, querem saber como me sinto? Desesperado? Desiludido? Deprimido? Escolha múltipla, qualquer uma está certa. Desisti, essa é que é a verdade. O Pedro e o José estão cada vez mais parecidos.

Sempre a darem-nos uma grande cantiga, ao estilo da União Europeia, que no entretanto, parece ter esquecido que «união» quer dizer solidariedade e partilha e não apenas juros mais altos. Por tudo isto vos aconselho que antes de tomarem uma decisão sábia sobre o futuro do país (que na verdade será relativa, porque agora é a troika quem mais ordena) leiam as minhas inconfidências com atenção e depois? Depois, se ficarem no mesmo estado de nervos que eu, o melhor é mudarem de país.

Sent from my iphone (sou um pássaro e não um burro, ok), depois de abandonar os subúrbios, a caminho de umas férias numa comunidade Xamã em Tarifa, para ver se distraio a cabeça."

P.S. -  Aguardo ansiosamente o lançamento de "O cavalo de Portas", "O urso de Jerónimo", "O camelo de Louçã" ou o meu all time favorite "O burro de Cavaco".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds