Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fernanda, "os serviços" somos nós!!

por Fernando Lopes, 12 Fev 11

Fernanda Câncio, com a inteligência e capacidade de argumentação que lhe reconheço, aponta baterias aos "serviços". Em primeiro lugar, esquece-se que "os serviços" somos todos nós. Em segundo, esquece-se que o ostracismo e a negligência endémica podem levar a que isto aconteça inúmeras vezes. Como em Cantanhede.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Censura-me que eu gosto ...

por Fernando Lopes, 12 Fev 11

Interessado na política, ontem, estive atento ao "Expresso da Meia Noite", procurando entender o alcance e o objectivo da futura moção de censura do BE.
Nada, népia, nicles, neribi, niente. O deputado João "Gant" Semedo, defendeu a moção com conforto idêntico a que me sujeito ao toque rectal. Analisadas as coisas aquilo parece-me um repente do camarada Louçã, que os seus discípulos, apanhados de surpresa, foram obrigados a seguir.

O partido dos professores deu explicações titubeantes perante perguntas pertinentes. "Não estão vocês, ao fazerem uma moção de censura a prazo, a apoiar os especuladores contra quem tanto vociferam?". Resposta: Os juros da dívida têm continuado a subir. Pois, pois, e a moção de censura é o objecto político ideal para os ajudar a descer, acrescento eu.

Mas a crème de la crème, veio do deputado José Manuel Pureza. Sei que ele é professor, não sei do quê, mas digo já: Pobres alunos!!
Ei-lo em todo o seu esplendor:
"Nós não abriremos o caminho para uma solução de direita na política do país e com esta moção em concreto, com aquilo que ela vai ser do ponto de vista da análise que leva a esta censura, tornaremos muito claro, e quero dizê-lo sem qualquer equívoco, que a nossa crítica política é às medidas que têm um conteúdo de inspiração liberal, uma inspiração política de direita, e que têm sido responsáveis pela penalização da grande maioria da sociedade".

Censura-me que eu gosto ...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Homenagem

por Fernando Lopes, 12 Fev 11



Uma homenagem de um português ao povo egípcio. Que a liberdade esteja convosco. A minha esperança está.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • alexandra g.

    Ferdinand,não se diz gases, diz-se metano :), mas ...

  • Anónimo

    Já passei pela situação de querer umas bolachas se...

  • Fernando Lopes

    O problema dos ruminantes são os gases, usei a vac...

  • Inês

    "mais ventosidades que uma vaca argentina"?! Já me...

subscrever feeds