Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dispostos a tudo

por Fernando Lopes, 10 Nov 10

É um facto inquestionável que as medidas tomadas pelos governos da Grécia, França e agora Inglaterra mobilizam um cada vez maior número de cidadãos europeus que se sentem lesados, excluídos, traídos e por isso, legitimamente, se manifestam.

A Europa como a conhecemos (um espaço,apesar de tudo, de tolerância e bem-estar) está, lenta mas seguramente, a desintegrar-se.

Os governantes europeus não podem, ou pelo menos não devem, ignorar estes sinais.
É que um povo sem esperança, é um povo disposto a tudo.
E um povo disposto a tudo só é vergado pela opressão.
É esse o futuro que desejamos?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sobre o blogue

por Fernando Lopes, 10 Nov 10

Este é um blogue unipessoal, não pretende representar ninguém excepto o autor.

 

A mundividência exposta é sujeita a erros de avaliação.

 

Aqui, como na vida, cabe tudo; desde as preocupações sociais e políticas, à jantarada com os amigos ou traquinices da filha.

 

Este blogue sente-se mais próximo da caótica África que do organizado norte da Europa.

 

Este blogue não é sexy; está na meia-idade, com cabelos brancos e excesso de peso.

 

Aqui consomem-se quantidades generosas de cerveja, inúmeros cigarros; vale mais uma vida curta e prazenteira que longa e sensaborona.

 

Acredita-se que o uso de vernáculo é uma arte, e como toda a arte, deve usar-se abundantemente.

 

Procura-se responder a todos os comentários porque como em mensagem pessoal disse o maior escritor português vivo: «Agradeço sempre, respondo a todos, mesmo quando a vontade é pouca, ou muita a razão para não reagir, certo que estou de que todos merecem o meu respeito. E responder é uma das muitas maneiras de respeitar.»

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Fernando Lopes

    Filipe, estou em dívida contigo. A vida não tem es...

  • Anónimo

    Já estava na iminência de pedir à PJ a emissão de ...

  • Fernando Lopes

    Gábi, não sou insensível ao drama da deslocação do...

  • redonda

    eu não vou chamar, nada primeiro porque estou muit...

subscrever feeds