Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Profissionais

por Fernando Lopes, 30 Dez 10

Tenho uma terrível inveja de quem se define por uma profissão. João, arquitecto, Paulo, jornalista, Manuel, médico. Acho que nunca tive nenhum talento em especial, nem nenhum objectivo profissional. Desde que me conheço, que nunca quis ter nenhuma profissão, nunca sonhei, vou ser isto. Minto. Queria ser corredor de motos, futuro extraordinariamente difícil para quem nunca teve a sua própria moto.
Admiro as pessoas que são definidas pelos outros como "um profissional". Sempre fui um desenrascado, sem talento nem reconhecimento, apenas um pouco mais esperto que a média, ou menos burro se preferirem.
Suficientemente esperto para sobreviver, mas sem nunca ter encontrado o talento escondido que se diz todos possuirmos.
É por isso que invejo quem sempre soube o quis ser, fez-se ao caminho e conseguiu.
É uma inveja saudável, e pensando bem, talvez seja esse o meu talento, porque a mediocridade de sentimentos, sempre andou arredada destas paragens.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Fernando Lopes a 02.01.2011 às 12:35

Meu caro(a),

Obrigado pelo seu comentário.
Não é humildade, é realidade.
Mas a dignidade faz parte do meu ADN.

Um abraço,
Fernando Lopes

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback