Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Coelho da Páscoa

por Fernando Lopes, 21 Abr 11


Esta mania do PSD, iniciada com o blitre, de enviar mensagens via facebook é mais um desastre. A minha querida mãe, e todos os portugueses que não possuem computador pessoal estão impedidos de ver estas pérolas. Ou será que o Passos acha que distribuíram Magalhães aos seniores? Ou será que vai lançar o Vasco da Gama para os maiores de 65?
Um conselho amigo. Muda rápido de marketeer, que com esse não vais longe.

Post Scriptum - Aconselhava-te a fazer um upgrade para esposa 3.0, mas parece que para isso já vai tarde.

Autoria e outros dados (tags, etc)

21 comentários

De Fenix a 21.04.2011 às 21:07

Fernando,

Sempre me enojou profundamente estes gajos da Direita fazerem a apologia da família, quando sabemos que é o neoliberalismo que está a destruir o tecido social e a família, porquanto a maioria dos trabalhadores tem horários laborais que não se coadunam com a vida familiar. São uns HIPÓCRITAS!

Ainda há pouco quando estive na Suíça, verifiquei que a partir das 20H de Sábado não há centros comerciais para ninguém, nem grandes superfícies. E no domingo é ver os parques cheios de pais com os filhos, e com os idosos.

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 21.04.2011 às 21:22

Ana,

Tem toda a razão. Mas esta hipocrisia é transversal às empresas. Obrigam os empregados, ou colaboradores como se diz agora, a trabalhar 10 horas por dia, a deixarem os filhos na escola às 8:00 e a regressar às 21:00 e depois lançam inquéritos sobre a compatibilidade do trabalho e da família. Quem tem a sorte de ter emprego hoje em dia, inconscientemente e por instinto de sobrevivência, tende a negligenciar as suas "obrigações" familiares.

Abraço,
Fernando

De Anónimo a 22.04.2011 às 14:25

Ainda por cima é um traidor á nação e á raça, casado com uma extra-europeia e a gerar filhos bastardos... ele que vá para africa e fique longe de Portugal e da Magna Evropa.

«De moço refalsado e de sangue misturado, livrai-nos Deus!»

Aquilino Ribeiro, na Obra “O Malhadinhas”

De Fernando Lopes a 22.04.2011 às 16:14

Anónimo,

O conceito de raça ou de bastardos não é partilhado pelo purgatório. A magna Europa não passa de uma manta de retalhos em que somos os africanos da mesma.
Não tolero qualquer tipo de racismo.
Apesar de tudo também não tolero censura e por isso fica aqui o seu comentário. Discordo de Aquilino na parte do sangue misturado. Afinal somos todos mestiços.



Cumprimentos,
Fernando

De Anónimo a 22.04.2011 às 18:53

O conceito de raça ou de bastardos não é partilhado pelo purgatório. A magna Europa não passa de uma manta de retalhos em que somos os africanos da mesma.
Não tolero qualquer tipo de racismo.
Apesar de tudo também não tolero censura e por isso fica aqui o seu comentário. Discordo de Aquilino na parte do sangue misturado. Afinal somos todos mestiços.
________________________

Caro purgatório, o conceito de raça é um conceito como qualquer outro, se você não gosta de ler verdades, isso é lá consigo.
Quanto á Europa... a Europa partilha uma civilização e aquilo que você abomina, uma raça, a Europa tem a sua identidade... e Portugal é aquilo que sempre foi --- um país branco europeu. Africanos da Europa? eis o momento em que se soltam os disparates, se você é africano isso é lá consigo... os portugueses são aquilo que sempre foram brancos e nada temos que renegar, pois tal seria renegar a nossa própria existência.E já cá faltava a palavra racismo, quando a única coisa que foi aqui colocada foi uma questão de IDENTIDADE nacional e de defesa da mesma. E Aquilino tinha razão, não quero que o meu país fique transformado num pequeno brasil sem identidade, com criminalidade violenta incontrolável e num caos social e etnico aos estilo das sociedades multiculturais... exemplos daquilo que deve ser evitado não faltam: brasil, africa do sul, Eua. E não, não somos mestiços coisa enhuma, vá ler umas coisas,depois diga de sua justiça, mas apenas para o elucidar aqui deixo aquilo que a ciÊncia diz:

http://www.stormfront.org/forum/t761943/

.. apenas a titulo informativo.

Cumprimentos

De Fenix a 22.04.2011 às 19:29

Anónimo

Deduzo pelo seu discurso, que as pessoas humanas devem estar compartimentadas, de acordo com a sua origem, nos seus respectivos continentes?!

Assim sendo, não quererá também indicar onde se poderão agrupar as pessoas pobres de espírito?!

Ana

De Fernando Lopes a 22.04.2011 às 19:45

Anónimo,

O purgatório é um espaço de liberdade, onde até o disparate é permitido.
Mas, por favor, não me remeta para fóruns com cruzes celtas.


Cumprimentos,

De M Manel a 22.04.2011 às 21:07

Anónimo:
Não se iluda.
Podemos ser europeus, mas somos latinos. E no esquema "branco" universal a todos os que pretendem defender a hegemonia, somos tão valorizados como qualquer cidadão africano ou da América do Sul.
Se tiver olhos claros e/ ou cabelo loiro, ainda disfarça, mas se o olhar for castanho, como grande parte da população nacional, já está carimbado com a identidade portuguesa de miseginização racial que nos carateriza, desde os tartessos e visigodos.
Contudo, podemos sempre apelar aos países países nórdicos, que apesar da tez branca e aspeto viking nos apreciam sobremaneira.
Tenha cuidado é nos E U A...

E já, agora, Páscoa Feliz

De Anónimo a 23.04.2011 às 01:05

Deduzo pelo seu discurso, que as pessoas humanas devem estar compartimentadas, de acordo com a sua origem, nos seus respectivos continentes?!

Assim sendo, não quererá também indicar onde se poderão agrupar as pessoas pobres de espírito?!
_______________________

As pessoas são "grupos", nelas existe um sentimento gregário, de familia, de sangue, de origem, de cultura, folk e de identidade que as caracteriza enquanto povo. Obviamente que cada povo deve de viver feliz no seu espaço, e não numa selva multicultural e multiracial como querem fazer da Europa e dos Eua, que só vai gerar aquilo que se sabe e aquilo que se avizinha... caos social, desagregação etnica, criminalidade violenta ao estilo do "paraiso" brasileiro, fim das nações europeias e da sua identidade, fim de uma civilização que praticamente tudo criou á face da terra - a europeía. Trata-se de identidade, se você quer acabar como os indios nos EUA --- ou seja em reservas, é porque é etnocida consciente, quer o final do seu próprio povo, para o "bem" do outro, é um sentimento abjecto.
saúde Ana

De Anónimo a 23.04.2011 às 01:09

Mas, por favor, não me remeta para fóruns com cruzes celtas.
__________________

Carissimo Fernando, não por favor, não faço isso porque foruns com uma cruz que está espetada em dezenas ou centenas de monumentos do seu/nosso país é blasfémia... e é baslfémia porquê? sabe lá você, chega a ser ridiculo. A cruz celta é um simbolo bastante comum nos monumentos nacionais e da toda a Europa ocidental, é identidade... por favor informe-se e aqui fica um presente;

http://img841.imageshack.us/img841/2089/boticasigrejacovasdobar.png

ai meu Deus veja, uma cruz celta numa igreja portuguesa, ui que horror.

Comentar post

Pág. 1/3

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback