Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Patriotismo viral

por Fernando Lopes, 27 Jul 11

Recentemente muitos portugueses, quais belas adormecidas, acordaram e em vez de um príncipe encantado depararam com o pesadelo em que se tornaram as agências de rating. Os mesmos portugueses que estenderam o dedo acusador ao vídeo "What the Finns Need To Know About Portugal", acusando-o de patriotismo bacoco, imprecisões históricas e o diabo a quatro divulgam agora um vídeo em inglês, com um locutor usando uma pronúncia upper class sobre a Moody's intitulado "We are not in the Moody's". Este patriotismo selectivo e circunstancial, enoja-me. O vídeo dos finlandeses como poderia servir de "muleta" a Sócrates foi maltratado, diminuído nos seus argumentos, analisado como uma peça a descartar rapidamente. Estes críticos fazem agora a manobra de propaganda inversa, amortizando o "murro no estômago" com imagens do 12 de março, casamento gay e outras. Não sendo um patriota circunstancial,  nem sobrevalorizando o patriotismo que amiúde esconde nacionalismos retrógrados e conservadores apraz-me registar o regresso ao bom-senso de ovelhas tresmalhadas pelo ódio a Sócrates. Back to basics, i.e. discutir ideias e propostas e não indivíduos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Fenix a 27.07.2011 às 21:29

Fernando,

"...discutir ideias e propostas e não indivíduos."

É isso! Há uma saturação até à náusea da discussão dos indivíduos, e são enredos novelescos de 5ª categoria, que só comprova que chegou o fim das ideologias, e por isso os povos e os governantes estão de costas voltadas, para mal dos primeiros.

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 27.07.2011 às 21:42

Ana,

A culpa disto é em grande parte de Sócrates, que personalizou a política como não se tinha visto depois do PREC. De qualquer forma, o patriotismo circunstancial [os que agora rogam pragas às agências de rating são os mesmos que diziam para deixar funcionar o mercado]incomoda-me.
É chegado o momento de seguir em frente e debater ideias. Mesmo que estejam diametralmente contra aquilo que defendo.

Abraço,
Fernando

P.S.- Já assinei a petição para independência da Palestina. Já vamos em mais de 578.000 ! :))
Aliás reconhecimento do estado palestiniano !!

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback