Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cavaco, o agitador

por Fernando Lopes, 9 Mar 11

Definitivamente, o biltre não é o presidente de todos os portugueses. Não se consegue libertar do primeiro-ministro que foi, e dispara em todas as direcções. No dia em que são dados os tópicos sobre o novo programa do PSD, Cavaco assume-se não como árbitro, mas como parte da contenda política. Deixará Sócrates cair à primeira oportunidade. Legitimamente. Mas o que nos espera será bem pior. O PSD propõe a americanização da sociedade portuguesa. Mexe na gratuitidade do ensino, da saúde, na lei dos despedimentos. Concretizado o programa, as escolas e hospitais públicos, serão para indigentes. Os despedimentos serão fáceis e baratos. Se o PSD vencer, cá me terão a resistir. Por todos os meios, legítimos ou não. Este programa que Cavaco sancionará será o maior retrocesso nos direitos do povo português desde o 25 de Abril. Cabe-nos resistir. Escrevi este post sem ler nada do que circula nos jornais ou blogosfera para não sofrer a mínima interferência, o mínimo soundbyte. Querem guerra? Tê-la-ão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Fenix a 09.03.2011 às 23:02

Fernando,

Tal como os rios transbordam quando o caudal aumenta, a nossa hora há-de chegar!

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 09.03.2011 às 23:32

Ana,

Este post foi gutural e quis que assim fosse. Depois de ver as linhas mestras do programa do PSD (ver amanhã na Visão), só posso ter reacções de raiva.
É um retrocesso, que será apoiado pelo biltre, como não tenho memória. Mexeu comigo. Representa tudo o que eu não quero para este país.
Um blogue também se faz de raiva. Não fui capaz de deixar de a sentir. Tenho destas coisas: angústias, raivas e emotividades. Não posso ir pelo politicamente correcto sem sentir que me estou a prostituir. E isso não faço.

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback