Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

I love the smell of napalm in the morning

por Fernando Lopes, 19 Out 11


O OE 2012 representa, a prazo, a extinção da classe média em Portugal. Um ministro da Economia ausente em parte incerta, sem uma ideia para o desenvolvimento e tendo como factor único para o aumento da competitividade a diminuição do custo do factor trabalho.O objectivo é tornar-nos a China deste continente. Dizem-me que vivo acima das minhas possibilidades. Se mudar de camisa todos os dias, ir ao restaurante uma vez por semana, comprar um livro por mês e ter uma pessoa que nos auxilie nas tarefas domésticas [muito pelo facto de ter uma criança pequena] é ser rico, então eu pertenço a essa estranha casta dos ricos portugueses, que seriam miseráveis em qualquer outro país europeu.

Lagosta, caviar e wagyu nunca fizeram parte da nossa dieta. Nós é mais massa, frango e pescada congelada. Às vezes (loucura das loucuras) entramos no desvario consumista de ir jantar com amigos. Sou extorquido de 31,5% do meu rendimento mensal. Esse nem lhe vejo o cheiro. Os 68,5% restantes servem para pagar tudo +23% de IVA. Se calcular esta taxa sobre todos os produtos que consumo (a gasolina p.ex. paga muito mais) resta-me 45,5% do meu rendimento bruto. Seria aceitável se tivéssemos serviços públicos de excelência. Como sabemos tal não é verdade. Somos o país mais desigual da Europa e os nossos governantes querem abrir ainda mais esse fosso entre os que tudo tem e os outros.

E esta imagem do capitão Kilgore, a gritar " I love the smell of napalm in the morning. You know, one time we had a hill bombed, for 12 hours. When it was all over, I walked up. We didn't find one of 'em, not one stinkin' dink body." é todo o programa deste governo. Para que no fim, nada reste da classe média deste país.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

10 comentários

De O abominável careca a 19.10.2011 às 19:11

Bom início de noite,

Muito bom o teu desabafo e a respectiva ilustração, até parece uma crónica ao bom estilo do "nosso" Pina!

Só estou para ver quando é que o "foguetório" começa a estourar...;)

P.S.: Se calhar ainda antes do fim do ano!

De Fernando Lopes a 19.10.2011 às 19:26

Abominável,

O Pina é único. Nem para lhe cortar as unhas dos pés sirvo! :) Estou farto é de os ouvir dizer que "vivemos acima das nossas possibilidades". É uma falácia. Eles é que vivem acima das nossas possibilidades. 18.600 € por 18 meses de trabalho, como o Miga Amagal?

Se tiveres hipótese vê este video:

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=wg5SU_bDNsA

Abraço,

De Moriae a 19.10.2011 às 20:06

É de facto um texto muito bom e tão verdadeiro ...

Espero que as pessoas respondam veementemente a estes roubos descarados! Enfim, suponho que poucas o farão pois até para isso é preciso tempo, dinheiro.

E mais uma vez dividiram a população. Mas que gente!

De Fernando Lopes a 19.10.2011 às 20:29

Moriae,

Não sei qual é a tua opinião mas começa a existir o medo da revolta popular. As palavras do biltre aka Cavaco, são prova disso. E o velho vígaro prova o seu sentido de classe, porque também é um pensionista!:))

Abraço,

De Moriae a 19.10.2011 às 20:36

Fernando,

pois também me parece que vai continuar a haver revolta popular e que ela se vai enfatizar. Tal como escreveste em outro post, há uns anos atrás não seria possível uma manife como esta sem a mobilização sindical ou partidária.

E se neste momento a maioria do roubo é aos funcionários públicos, os outros serão estraçalhados depois. Talvez aí as pessoas se juntem todas.

Por um lado penso isto e por outro ainda vejo muita gente a abster-se e a fingir que não é nada com elas. A ficar em casa e a alinhar no discurso dos biltres ... A ficar contente com a desgraça dos outros! Enfim, é uma sensação horrível!

Abraço!

De Moriae a 19.10.2011 às 20:47

Já agora, descobri que na Assembleia da República não vão haver cortes ...
É o cúmulo!

http://educar.wordpress.com/2011/10/18/na-assembleia-da-republica-nao-ha-cortes-nos-subsidios/

De Fernando Lopes a 19.10.2011 às 21:00

Embora defenda coisas estranhas, como a legitimidade da violência revolucionária espero que tal não seja necessário. Os nossos governantes não merecem a ponta de um corno, quanto mais que se verta sangue por causa das suas medidas.

Quanto ao orçamento da AR, foi pré-aprovado... bruxo!!

De Moriae a 19.10.2011 às 21:04

Não acho estranho ... E a verter-se sangue, que seja o dos culpados desta situação.

De Fenix a 19.10.2011 às 21:21

Fernando,

Acalentei uma ténue esperança de que algo ia mudar depois de 12 de Março.

Pelo contrário, elegeram esta gente e consequentemente quem votou neles deve ter ficado em casa no 15 de Outubro.

Li há dias numa caixa de comentários que eles devem ter sido eleitos por aquele tipo de gente que se ri sem perceber a anedota...

Abraço
Ana

De Fernando Lopes a 19.10.2011 às 21:31

Ana,

Antes de mais é uma alegria tê-la de volta aos comentários. Compreendo a sua desilusão, mas este separar de águas tem a sua utilidade para lutas futuras. Procure fazer como eu e ver as coisas sobre o ponto de vista positivo. Se não morrermos de fome até lá, durante umas dezenas de anos este povo não vai querer um governo de direita.

Abraço,
Fernando

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • Henedina

    E tenha...um bom dia!

  • Henedina

    Então parabéns...por ter lavado as cuecas, claro ;...

  • bokeh

    pois conheço....devo-me ter distraído com a jane b...

  • Fernando Lopes

    Lavei-as com grande dignidade, de saia curta e a c...